Dicas para Mamães

Cuidados com as roupinhas de lã, tricô e crochê

O frio este ano chegou com tudo, não é mesmo? Proteger os pequenos é essencial neste período e, para isso, as roupinhas e acessórios mais quentes, de lã, tricô ou crochê são as melhores escolhas. Mas na hora de escolher essas peças, devemos ter uma atenção redobrada, pois elas estragam com facilidade e podem causar  crises alérgicas nas crianças.

Por serem materiais que podem sofrer graves consequências se não forem bem cuidadas, preparamos algumas dicas de como lavar, armazenar e conservar essas peças em lã, tricô e crochê. Confira!

Lavar: Na hora de lavar essas peças, é aconselhável esfregá-las na mão, deixando-as de molho na água com sabão de coco em barra. Em seguida, esfregue-as delicadamente, enxágue com água corrente e deixe-as de molho no amaciante. 

Fazer estas lavagens pode levar tempo. Por isso, se optar por usar a máquina de lavar, coloque as peças em sacos com zíper, vire as do lado do avesso, use a opção de roupas delicadas e com temperatura ambiente. 

Mas lembre-se de não misturar as roupas com outras peças coloridas e que podem soltar tinta. Além disso, não use sabão em pó, pois este pode endurecer e encolher a roupinha.

Secar: Para não estragar, não torça a roupinha. Esprema para tirar a água em excesso e deixe escorrer. Não use máquina de secar porque ela pode deformar e encolher o tricô. Deixe secar na sombra. 

Passar: Geralmente não há necessidade de passar, mas se preferir, utilize uma toalha fina em cima da peça e passe em temperatura baixa. 

Armazenar: Na hora de guardar a roupinha, a melhor dica é armazená-las em saquinhos de TNT ou de algodão. Evite deixá-las penduradas em cabides ou em lugares úmidos. 

São dicas simples e fáceis, mas que ajudarão a manter a peça conservada por mais tempo, além de evitar qualquer irritação na pele das crianças.

Fonte: Alto Astral e Tulipa Baby

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.